Cinemateca

A Cinemateca UnB é uma iniciativa que visa exibir obras de audiovisual de diferentes metragens, de diversos gêneros e temas, de autores brasileiros e estrangeiros. Tem por objetivo incentivar a produção de audiovisual dos universitários, além de estimular a formação do público para o cinema brasiliense e brasileiro por meio de debates, com teor político e estético.

O projeto deverá oferecer ao público geral e aos estudantes da UnB um espaço que acompanhe os novos questionamentos representativos dos produtos de audiovisual brasileiros – de cinema, de animação, de vídeo-arte, de publicidade, de documentário e de toda criação de imagem em movimento, que possa ser projetada publicamente, catalisando as discussões, os debates e as críticas contribuindo para a educação por meio da arte cinematográfica.

Em 2015, a Cinemateca teve sua programação interrompida ao longo da greve dos servidores. Esta iniciativa retorna no ano de 2016 com datas e horários fixos e com regularidade nas exibições. Desta forma, será possível criar um público fiel de espectadores na universidade.

A Cinemateca pretende ampliar mostras semanais temáticas, ao longo do semestre acadêmico. Outra ação será construída em parceria com a Casa do Estudante da UnB para a retomada da programação do CineCEU.

Cinemateca Segundas Curtas

Em parceria com a professora da Faculdade de Comunicação da UnB Denise Moraes e o projeto de extensão CURTAS.COM, estabelecemos um novo formato para o programa. Sob o nome Segundas Curtas, a cinemateca amplia a experiência cinematografica também para às segundas-feiras, fazendo desse dia da semana, tão fatídico no imaginário popular, um pouco mais prazeroso (e mais curto!).

O Projeto Cinemateca 2016 consiste em mostra quinzenal de curtas-metragens, durante o horário do almoço, com debates com a equipe de produção  e convidados (professores ou pessoas engajadas com a temática) ao final de cada sessão. As sessões acontecem às quartas e são pensadas com esse intervalo de tempo para permitir aos alunos a possibilidade de buscarem outras formas de entretenimento dentro da Universidade nas semanas em que não ocorrem as projeções. Além disso, o novo formato prevê o início às 12h30min, permitindo que os alunos possam almoçar antes de irem ao anfiteatro 10 (local das exibições).

A entrada é franca e serão abordados, no primeiro semestre da mostra, temas relacionados aos direitos humanos e à de minorias, trazendo como foco grupos sociais específicos que sofrem diferenciação por suas características étnicas, de raça, de gênero, dentre outras.